Revista eletrônica de divulgação holística. Artigos, crônicas e parábolas de abordagens científicas e espirituais. Um portal de acesso para o autoconhecimento, a meditação e a consciência de viver com plenitude no aqui e no agora.
  • Home  /
  • Artigo   /
  • QUAL É A LIÇÃO DE VIDA MAIS IMPORTANTE QUE OS MAIS VELHOS SENTEM QUE OS MAIS NOVOS PRECISAM SABER?
QUAL É A LIÇÃO DE VIDA MAIS IMPORTANTE QUE OS MAIS VELHOS SENTEM QUE OS MAIS NOVOS PRECISAM SABER? a-sabedoria-de-um-homem - Karl Pillemer, da Universidade Cornell entrevistou perto de 1.500 pessoas com idade entre 70 e 100 anos para o seu livro “30 Lessons for Living: Tried and True Advice the from the Wisest Americans.” (ainda sem tradução para português). Ele perguntou-lhes por quais lições de vida eles passaram. Que conselho foi mais incontestável do que qualquer […] Full view

Karl Pillemer, da Universidade Cornell entrevistou perto de 1.500 pessoas com idade entre 70 e 100 anos para o seu livro "30 Lessons for Living: Tried and True Advice the from the Wisest Americans." (ainda sem tradução para português). Ele perguntou-lhes por quais lições de vida eles passaram.

Que conselho foi mais incontestável do que qualquer outro? Mais incontestável até mesmo que as lições sobre casamento, filhos e felicidade?

Não ficar em um trabalho que você não gosta.

Sabe aqueles pesadelos em que você está gritando por socorro, mas nenhum som sai? Bem, essa é a intensidade com que os especialistas queriam aconselhar às pessoas mais jovens de que  passar anos em um trabalho que você não gosta é uma receita para o arrependimento e um erro trágico.  Não havia nenhuma dúvida sobre a qual os especialistas foram mais inflexíveis e enfáticos. Em seu prefácio, os comentários eram mais e mais incisivos em dizer: "Se há uma coisa que eu quero que seus leitores saibam é que. . . "Do ponto de vista de olhar para trás sobre uma longa experiência, desperdiçando cerca de duas mil horas de vida irrecuperável cada ano, é idiotice pura."

O que mais eles têm a dizer sobre a carreira?

Aqui está a lista a ser fixada na geladeira:

1. Escolha uma carreira para as recompensas intrínsecas, não as financeiras. O maior erro na carreira das pessoas é selecionar uma profissão com base apenas em ganhos potenciais. Um senso de propósito e paixão por um trabalho, em qualquer dia supera um salário maior.

2. Não desista de procurar um emprego que te faz feliz. Segundo os especialistas, a persistência é a chave para encontrar um trabalho que você ama. Não desista facilmente.

. 3 Aproveite ao máximo um trabalho não satisfatório. Se você se encontra em uma situação de trabalho abaixo do ideal, não perca a experiência; muitos especialistas aprenderam lições valiosas em empregos ruins.

4. trunfo está na  inteligência emocional do que qualquer outro tipo. Desenvolva suas habilidades interpessoais, se você quiser ter sucesso no trabalho. Mesmo as pessoas nas profissões mais técnicas têm suas carreiras torpedeadas se lhes falta inteligência emocional.

5. Todo mundo precisa de autonomia. A satisfação na carreira é muitas vezes dependente do quanto você tem autonomia no trabalho. Procure a liberdade para tomar decisões e se mova em direções que interessam a você, sem ser controlado demais pelos superiores.

Outros pontos que valem a pena observar, sãos conselhos dos mais velhos que consistentemente eles não deram:

Ninguém, nem uma única pessoa em mil, disse que para ser feliz você deve tentar trabalhar tão duro quanto puder para ganhar dinheiro e comprar as coisas que você deseja.

Ninguém, nem uma única pessoa, disse que é importante ser pelo menos tão rico quanto as pessoas ao seu redor, e se você tiver mais do que eles, terá um verdadeiro sucesso.

Ninguém, nem uma única pessoa disse que você deva escolher o seu trabalho baseado no desejo do que você pode ganhar no futuro.

Edição e tradução livre: Shakyamuni

 

 

QUAL É A LIÇÃO DE VIDA MAIS IMPORTANTE QUE OS MAIS VELHOS SENTEM QUE OS MAIS NOVOS PRECISAM SABER?

Karl Pillemer, da Universidade Cornell entrevistou perto de 1.500 pessoas com idade entre 70 e 100 anos para o seu livro “30 Lessons for Living: Tried and True Advice the from the Wisest Americans.” (ainda sem tradução para português). Ele perguntou-lhes por quais lições de vida eles passaram.

Que conselho foi mais incontestável do que qualquer outro? Mais incontestável até mesmo que as lições sobre casamento, filhos e felicidade?

Não ficar em um trabalho que você não gosta.

Sabe aqueles pesadelos em que você está gritando por socorro, mas nenhum som sai? Bem, essa é a intensidade com que os especialistas queriam aconselhar às pessoas mais jovens de que  passar anos em um trabalho que você não gosta é uma receita para o arrependimento e um erro trágico.  Não havia nenhuma dúvida sobre a qual os especialistas foram mais inflexíveis e enfáticos. Em seu prefácio, os comentários eram mais e mais incisivos em dizer: “Se há uma coisa que eu quero que seus leitores saibam é que. . . “Do ponto de vista de olhar para trás sobre uma longa experiência, desperdiçando cerca de duas mil horas de vida irrecuperável cada ano, é idiotice pura.”

O que mais eles têm a dizer sobre a carreira?

Aqui está a lista a ser fixada na geladeira:

1. Escolha uma carreira para as recompensas intrínsecas, não as financeiras. O maior erro na carreira das pessoas é selecionar uma profissão com base apenas em ganhos potenciais. Um senso de propósito e paixão por um trabalho, em qualquer dia supera um salário maior.

2. Não desista de procurar um emprego que te faz feliz. Segundo os especialistas, a persistência é a chave para encontrar um trabalho que você ama. Não desista facilmente.

. 3 Aproveite ao máximo um trabalho não satisfatório. Se você se encontra em uma situação de trabalho abaixo do ideal, não perca a experiência; muitos especialistas aprenderam lições valiosas em empregos ruins.

4. trunfo está na  inteligência emocional do que qualquer outro tipo. Desenvolva suas habilidades interpessoais, se você quiser ter sucesso no trabalho. Mesmo as pessoas nas profissões mais técnicas têm suas carreiras torpedeadas se lhes falta inteligência emocional.

5. Todo mundo precisa de autonomia. A satisfação na carreira é muitas vezes dependente do quanto você tem autonomia no trabalho. Procure a liberdade para tomar decisões e se mova em direções que interessam a você, sem ser controlado demais pelos superiores.

Outros pontos que valem a pena observar, sãos conselhos dos mais velhos que consistentemente eles não deram:

Ninguém, nem uma única pessoa em mil, disse que para ser feliz você deve tentar trabalhar tão duro quanto puder para ganhar dinheiro e comprar as coisas que você deseja.

Ninguém, nem uma única pessoa, disse que é importante ser pelo menos tão rico quanto as pessoas ao seu redor, e se você tiver mais do que eles, terá um verdadeiro sucesso.

Ninguém, nem uma única pessoa disse que você deva escolher o seu trabalho baseado no desejo do que você pode ganhar no futuro.

Edição e tradução livre: Shakyamuni

 

 

Por: shakyamuni

Posts Relacionados

Deixe um comentário