Revista eletrônica de divulgação holística. Artigos, crônicas e parábolas de abordagens científicas e espirituais. Um portal de acesso para o autoconhecimento, a meditação e a consciência de viver com plenitude no aqui e no agora.
QUAL A DIFERENÇA ENTRE O SEXO NORMAL E O SEXO TÂNTRICO? tantric - Sexo normal é para aliviar, é como arranhar uma urgente coceira, uma necessidade guiada pela nossa química biológica, um instinto animal. No sexo normal, o orgasmo é invariavelmente uma meta na escala de sucesso que julgamos que o sexo deve ter. O orgasmo talvez relaxe e nos alivie mas também declina nossa energia e nos […] Full view

Sexo normal é para aliviar, é como arranhar uma urgente coceira, uma necessidade guiada pela nossa química biológica, um instinto animal. No sexo normal, o orgasmo é invariavelmente uma meta na escala de sucesso que julgamos que o sexo deve ter. O orgasmo talvez relaxe e nos alivie mas também declina nossa energia e nos desconecta do(a) nosso(a) amante. Sexo normal é como uma droga.

Ele estimula a química no cérebro que afeta a maneira como nos comportamos e experimentamos a intimidade. É um truque naturalmente cruel para nos ajudar a procriar a espécie. Nós gostamos de pensar que estamos num nível elevado de inteligência e que somos mais do que simples animais seguindo nosso instinto natural.

Sexo Tântrico é o oposto. A qualidade é diferente. Na verdade os amantes permanecem fazendo amor sem a meta do orgasmo e de liberar a energia durante a intimidade.

Existem dois tipos de ápice sexual, dois tipos de orgasmos. Os dois tipos de orgasmos começam iguais. Um, é sobre chegar no pico e uma vez que se chega, vem uma descida abrupta, um final repentino. Você pode ter sucessivas experiências deste orgasmo, muitas vezes em uma sessão de sexo, e isto resultará sempre no mesmo efeito e oposto do pico atingido - toda energia liberada cria uma ressaca. Esta ressaca, é como sair do efeito da heroína e não demorará pra você procurar pelo próximo 'sucesso'. Isso perpetua no(a) companheiro(a) e o(a) separa do ciclo.

O outro orgasmo, o orgasmo tântrico, é chamado de orgasmo do vale. A energia sexual é construída, mas ao invés de seguir ao pico extremo de excitação e finalizar, repousamos na energia sexual e podemos experimentar contínuos estados de orgasmos relaxados ou estado que transcende ao orgasmo. Este estado pode ser mantido pelo tempo que você quiser.

Sexo normal tem um final repentino. Por outro lado, uma vez que você experimenta o caminho tântrico de fazer amor, sentirá uma profunda diferença entre o orgasmo de pico e o sexo normal. Talvez, no início, ele lhe frustre e desaponte. Mas, com o tempo, você ficará mais alerta da energia perdida que o sexo normal causa e mais alerta da energia se construindo, da intimidade e da conexão que o sexo tântrico proporciona.

Sexo tântrico te preenche de energia e você se tornará mais radiante, mais vital, e mais criativo nos dias seguintes. Você vai se sentir relaxado, fluido e sem desejos de distração. Vai se satisfazer sem perder a energia no orgasmo. Verá com o tempo e as experiências, que o vício do orgasmo normal desaparece por si só. Sem esforço. Você fica confortável na sua própria pele e também confortável na intimidade.

Traduzido do Neo Tantra.

QUAL A DIFERENÇA ENTRE O SEXO NORMAL E O SEXO TÂNTRICO?

Sexo normal é para aliviar, é como arranhar uma urgente coceira, uma necessidade guiada pela nossa química biológica, um instinto animal. No sexo normal, o orgasmo é invariavelmente uma meta na escala de sucesso que julgamos que o sexo deve ter. O orgasmo talvez relaxe e nos alivie mas também declina nossa energia e nos desconecta do(a) nosso(a) amante. Sexo normal é como uma droga.

Ele estimula a química no cérebro que afeta a maneira como nos comportamos e experimentamos a intimidade. É um truque naturalmente cruel para nos ajudar a procriar a espécie. Nós gostamos de pensar que estamos num nível elevado de inteligência e que somos mais do que simples animais seguindo nosso instinto natural.

Sexo Tântrico é o oposto. A qualidade é diferente. Na verdade os amantes permanecem fazendo amor sem a meta do orgasmo e de liberar a energia durante a intimidade.

Existem dois tipos de ápice sexual, dois tipos de orgasmos. Os dois tipos de orgasmos começam iguais. Um, é sobre chegar no pico e uma vez que se chega, vem uma descida abrupta, um final repentino. Você pode ter sucessivas experiências deste orgasmo, muitas vezes em uma sessão de sexo, e isto resultará sempre no mesmo efeito e oposto do pico atingido – toda energia liberada cria uma ressaca. Esta ressaca, é como sair do efeito da heroína e não demorará pra você procurar pelo próximo ‘sucesso’. Isso perpetua no(a) companheiro(a) e o(a) separa do ciclo.

O outro orgasmo, o orgasmo tântrico, é chamado de orgasmo do vale. A energia sexual é construída, mas ao invés de seguir ao pico extremo de excitação e finalizar, repousamos na energia sexual e podemos experimentar contínuos estados de orgasmos relaxados ou estado que transcende ao orgasmo. Este estado pode ser mantido pelo tempo que você quiser.

Sexo normal tem um final repentino. Por outro lado, uma vez que você experimenta o caminho tântrico de fazer amor, sentirá uma profunda diferença entre o orgasmo de pico e o sexo normal. Talvez, no início, ele lhe frustre e desaponte. Mas, com o tempo, você ficará mais alerta da energia perdida que o sexo normal causa e mais alerta da energia se construindo, da intimidade e da conexão que o sexo tântrico proporciona.

Sexo tântrico te preenche de energia e você se tornará mais radiante, mais vital, e mais criativo nos dias seguintes. Você vai se sentir relaxado, fluido e sem desejos de distração. Vai se satisfazer sem perder a energia no orgasmo. Verá com o tempo e as experiências, que o vício do orgasmo normal desaparece por si só. Sem esforço. Você fica confortável na sua própria pele e também confortável na intimidade.

Traduzido do Neo Tantra.

Por: shakyamuni

Deixe um comentário