Revista eletrônica de divulgação holística. Artigos, crônicas e parábolas de abordagens científicas e espirituais. Um portal de acesso para o autoconhecimento, a meditação e a consciência de viver com plenitude no aqui e no agora.
O PODEROSO CHEFÃO RINS ESTAR EM SI - Você conhece um chefe que trabalha 24 horas por dia, sem parar nem um segundo para descansar, dando um duro danado, mandando energia para a equipe toda e, ainda por cima, sem aposentadoria? Pois então, este chefe existe, está dentro de você e chama-se Rim. Saiba como cuidar bem do seu “chefe” para manter-se saudável […] Full view

Você conhece um chefe que trabalha 24 horas por dia, sem parar nem um segundo para descansar, dando um duro danado, mandando energia para a equipe toda e, ainda por cima, sem aposentadoria? Pois então, este chefe existe, está dentro de você e chama-se Rim. Saiba como cuidar bem do seu “chefe” para manter-se saudável e ativo durante vida.

Falar dos Rins, do seu funcionamento e dos cuidados com a saúde nunca é demais, especialmente na sociedade atual, com números assustadores de pacientes com insuficiência renal. Só no Brasil, dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia contabilizam cerca de 100 mil pessoas que fazem diálise atualmente, sendo 35 mil apenas na cidade de São Paulo.

Em geral, as pessoas não costumam prestar muita atenção aos rins, porque o seu funcionamento não é tão evidente quanto de outros órgãos, talvez por isso, por passar quase despercebido acaba padecendo por maus tratos. O problema é que os sintomas só vão aparecer anos mais tarde, às vezes, tarde demais – levando o paciente às poltronas de diálise como única alternativa de sobrevivência.

Entenda o seu chefe

A Medicina Tradicional Chinesa considerinsra os Rins o órgão mais importante do corpo humano, porque é nele que estão armazenadas as energias que abastecem todo o corpo: a energia inata, aquela herdada dos pais no momento da concepção e a pós-natal, advinda do estilo de vida de cada um. A receita para ter uma vida equilibrada é simples: gastar a energia inata o mínimo possível e armazenar a energia pós-natal o máximo possível, garantindo combustível para manter a vitalidade ao longo dos anos.

Além dessa função o “caixa forte” do corpo, é o regulador do metabolismo e responsável pela filtragem dos líquidos corporais. É nesse processo de troca que envia energia yin e yang aos demais órgãos, mantendo tudo em perfeito funcionamento. No entanto, quando há desequilíbrio renal, surgem patologias em alguma outra parte do corpo. Muitas vezes, essa patologia é tratada dissociada dos rins, agravando a saúde do órgão. Quer um exemplo? Um dos primeiros órgãos vitais a sofrer as consequências é o coração, que começa a bater fora de compasso, causando hipertensão, taquicardia e até infarto.

Veja outros órgãos e sistemas regidos pelos rins e patologias associadas:

tabela-b

Cuide bem dos rins

Ser saudável requer certa disposição em fazer a coisa certa, associada à disciplina para manter um padrão equilibrado de comportamento durante a vida. Optar pela coisa certa significa, principalmente, fazer escolhas conscientes do que colocar para dentro do seu corpo; dos alimentos, passando por bebidas a uso de drogas lícitas e ilícitas. No caso de alimentos e bebidas, tudo em excesso é prejudicial; gorduras, carboidratos, sal, açúcar, bebidas alcoólicas, sucos industrializados, refrigerantes etc. Das drogas lícitas, o cigarro tem ligação direta à vazão de energias vitais e provoca inúmeros malefícios, tanto quanto as ilícitas.

Além de uma alimentação balanceada e água para hidratar (evite bebidas industrializadas), alguns alimentos beneficiam diretamente os rins porque sua coloração escura tonificam o órgão. Veja alguns:

  • Feijão preto
  • Feijão Azuki
  • Repolho Roxo
  • Gergelim preto
  • Amora
  • Ameixa
  •  Framboesa
  •  Mirtilo
Lúcia Onélia Oliviéri 

 

O PODEROSO CHEFÃO

Você conhece um chefe que trabalha 24 horas por dia, sem parar nem um segundo para descansar, dando um duro danado, mandando energia para a equipe toda e, ainda por cima, sem aposentadoria? Pois então, este chefe existe, está dentro de você e chama-se Rim. Saiba como cuidar bem do seu “chefe” para manter-se saudável e ativo durante vida.

Falar dos Rins, do seu funcionamento e dos cuidados com a saúde nunca é demais, especialmente na sociedade atual, com números assustadores de pacientes com insuficiência renal. Só no Brasil, dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia contabilizam cerca de 100 mil pessoas que fazem diálise atualmente, sendo 35 mil apenas na cidade de São Paulo.

Em geral, as pessoas não costumam prestar muita atenção aos rins, porque o seu funcionamento não é tão evidente quanto de outros órgãos, talvez por isso, por passar quase despercebido acaba padecendo por maus tratos. O problema é que os sintomas só vão aparecer anos mais tarde, às vezes, tarde demais – levando o paciente às poltronas de diálise como única alternativa de sobrevivência.

Entenda o seu chefe

A Medicina Tradicional Chinesa considerinsra os Rins o órgão mais importante do corpo humano, porque é nele que estão armazenadas as energias que abastecem todo o corpo: a energia inata, aquela herdada dos pais no momento da concepção e a pós-natal, advinda do estilo de vida de cada um. A receita para ter uma vida equilibrada é simples: gastar a energia inata o mínimo possível e armazenar a energia pós-natal o máximo possível, garantindo combustível para manter a vitalidade ao longo dos anos.

Além dessa função o “caixa forte” do corpo, é o regulador do metabolismo e responsável pela filtragem dos líquidos corporais. É nesse processo de troca que envia energia yin e yang aos demais órgãos, mantendo tudo em perfeito funcionamento. No entanto, quando há desequilíbrio renal, surgem patologias em alguma outra parte do corpo. Muitas vezes, essa patologia é tratada dissociada dos rins, agravando a saúde do órgão. Quer um exemplo? Um dos primeiros órgãos vitais a sofrer as consequências é o coração, que começa a bater fora de compasso, causando hipertensão, taquicardia e até infarto.

Veja outros órgãos e sistemas regidos pelos rins e patologias associadas:

tabela-b

Cuide bem dos rins

Ser saudável requer certa disposição em fazer a coisa certa, associada à disciplina para manter um padrão equilibrado de comportamento durante a vida. Optar pela coisa certa significa, principalmente, fazer escolhas conscientes do que colocar para dentro do seu corpo; dos alimentos, passando por bebidas a uso de drogas lícitas e ilícitas. No caso de alimentos e bebidas, tudo em excesso é prejudicial; gorduras, carboidratos, sal, açúcar, bebidas alcoólicas, sucos industrializados, refrigerantes etc. Das drogas lícitas, o cigarro tem ligação direta à vazão de energias vitais e provoca inúmeros malefícios, tanto quanto as ilícitas.

Além de uma alimentação balanceada e água para hidratar (evite bebidas industrializadas), alguns alimentos beneficiam diretamente os rins porque sua coloração escura tonificam o órgão. Veja alguns:

  • Feijão preto
  • Feijão Azuki
  • Repolho Roxo
  • Gergelim preto
  • Amora
  • Ameixa
  •  Framboesa
  •  Mirtilo
Lúcia Onélia Oliviéri 

 

Por: shakyamuni

Deixe um comentário