Revista eletrônica de divulgação holística. Artigos, crônicas e parábolas de abordagens científicas e espirituais. Um portal de acesso para o autoconhecimento, a meditação e a consciência de viver com plenitude no aqui e no agora.
O NOVO HOMEM, SEGUNDO OSHO 150711-Francisco - Osho sempre falou sobre o Novo Homem, não como uma figura única ou alguém que estivesse ainda pra encarnar neste papel e aparecesse, de repente na terra. Se refere à todos nós como forma de transformação, crescimento e composição de uma nova mentalidade e atitude diante do mundo. Estamos todos interligados e atuamos em pequena […] Full view

Osho sempre falou sobre o Novo Homem, não como uma figura única ou alguém que estivesse ainda pra encarnar neste papel e aparecesse, de repente na terra. Se refere à todos nós como forma de transformação, crescimento e composição de uma nova mentalidade e atitude diante do mundo. Estamos todos interligados e atuamos em pequena ou grande escala para sustentar a harmonia, o amor e a paz no planeta. Nas mais diversas áreas de atuação - ciência, política, espiritualidade, arte... - temos representantes que atuam para equilibrar o caos que a humanidade em qualquer tempo e lugar, sempre viveu. Para mim, Papa Francisco é um destes representantes, assim como  Dalai LamaDesmond TutuEckhart Tolle, Carl Sagan, Roger Waters, entre muitos outros. Segue então, uma parte dos inúmeros discursos em que Osho se refere ao Novo Homem.  O novo homem tem que ser universal. Ele transcenderá todas as barreiras da raça, religião, sexo, cor da pele. O novo homem não será nem oriental nem ocidental; o novo homem reclamará toda a terra como a sua casa. Só então poderá a humanidade sobreviver – e não só sobreviver – com a chegada do novo conceito de homem... o velho é o conceito de “qualquer/ou”: o novo será “ambos/e”. O homem tem que viver uma vida rica interna e externamente; não há necessidade de escolher. A vida interna não é contra a vida externa; elas são parte de um ritmo. Tu não precisas ser pobre por fora para ser rico por dentro. E não precisas ser rico por fora e deixar de ser rico por dentro. É assim que tem sido até agora – o Ocidente escolheu um caminho: Ser rico por fora! O Oriente escolheu outro caminho: Ser rico por dentro! Ambos estão desequilibrados. Ambos têm sofrido, ambos sofrem. Eu ensino a riqueza total. Ser rico por fora através da ciência, e ser rico no mais profundo do coração através da religião. E é assim que te tornarás um, indivíduo, orgânico. O novo homem não é um campo de batalha, com a personalidade separada, mas um homem unificado, único, completamente sinérgico com a vida na sua totalidade. O novo homem incorpora uma imagem mutante mais viável de homem, uma nova forma de estar no cosmos, uma forma qualitativamente diferente de perceber e experienciar a realidade. Por isso, por favor, não chorem a morte do velho homem. Regozijemo-nos pelo fato do velho estar morrendo, da noite estar morrendo e do amanhecer surgir no horizonte. Estou satisfeito, totalmente satisfeito, que o homem tradicional esteja desaparecendo – que as velhas igrejas estejam se tornando ruínas, que os velhos templos estão desertos. Estou imensamente satisfeito por a velha moralidade estar em queda livre direto ao chão. Esta é uma grande crise. Se aceitarmos o desafio, esta é uma oportunidade para criar o novo. Nunca estivemos tão maduros no passado. Vivemos numa das mais belas épocas – porque o velho está desaparecendo, ou já desapareceu, e um caos criou-se. E só do caos aparecem as grandes estrelas. Temos a oportunidade de criarmos um cosmos novamente. Esta é uma oportunidade que raramente surge – muito rara. Somos uns felizardos por estarmos vivos nesta altura crítica. Usemos a oportunidade para criar o novo homem. E para criar o novo homem, tens de começar por ti. O novo homem será um místico, um poeta, um cientista, tudo junto. Ele não olhará para a vida através de divisões podres. Ele será um místico, porque ele sentirá a Presença de Deus. Ele será um poeta, porque ele celebrará a Presença de Deus. Ele será um cientista, porque ele pesquisará a Presença de Deus, cientificamente. Quando o homem for estas três vertentes juntas, o homem será total. Este é o meu conceito de homem sagrado. O velho homem era reprimido, agressivo. O velho homem era obrigado a ser agressivo porque a repressão sempre trás agressão. O novo homem será espontâneo, criativo. O velho homem viveu através de ideologias. O novo homem não viverá através de ideologias, nem através de moralidades, mas através da consciência. Osho. Editor: Shakyamuni

O NOVO HOMEM, SEGUNDO OSHO

Osho sempre falou sobre o Novo Homem, não como uma figura única ou alguém que estivesse ainda pra encarnar neste papel e aparecesse, de repente na terra. Se refere à todos nós como forma de transformação, crescimento e composição de uma nova mentalidade e atitude diante do mundo. Estamos todos interligados e atuamos em pequena ou grande escala para sustentar a harmonia, o amor e a paz no planeta. Nas mais diversas áreas de atuação – ciência, política, espiritualidade, arte… – temos representantes que atuam para equilibrar o caos que a humanidade em qualquer tempo e lugar, sempre viveu. Para mim, Papa Francisco é um destes representantes, assim como  Dalai LamaDesmond TutuEckhart Tolle, Carl Sagan, Roger Waters, entre muitos outros. Segue então, uma parte dos inúmeros discursos em que Osho se refere ao Novo Homem. 

O novo homem tem que ser universal. Ele transcenderá todas as barreiras da raça, religião, sexo, cor da pele. O novo homem não será nem oriental nem ocidental; o novo homem reclamará toda a terra como a sua casa. Só então poderá a humanidade sobreviver – e não só sobreviver – com a chegada do novo conceito de homem… o velho é o conceito de “qualquer/ou”: o novo será “ambos/e”.

O homem tem que viver uma vida rica interna e externamente; não há necessidade de escolher. A vida interna não é contra a vida externa; elas são parte de um ritmo. Tu não precisas ser pobre por fora para ser rico por dentro. E não precisas ser rico por fora e deixar de ser rico por dentro.

É assim que tem sido até agora – o Ocidente escolheu um caminho: Ser rico por fora! O Oriente escolheu outro caminho: Ser rico por dentro! Ambos estão desequilibrados. Ambos têm sofrido, ambos sofrem.

Eu ensino a riqueza total. Ser rico por fora através da ciência, e ser rico no mais profundo do coração através da religião. E é assim que te tornarás um, indivíduo, orgânico. O novo homem não é um campo de batalha, com a personalidade separada, mas um homem unificado, único, completamente sinérgico com a vida na sua totalidade.

O novo homem incorpora uma imagem mutante mais viável de homem, uma nova forma de estar no cosmos, uma forma qualitativamente diferente de perceber e experienciar a realidade.

Por isso, por favor, não chorem a morte do velho homem. Regozijemo-nos pelo fato do velho estar morrendo, da noite estar morrendo e do amanhecer surgir no horizonte.

Estou satisfeito, totalmente satisfeito, que o homem tradicional esteja desaparecendo – que as velhas igrejas estejam se tornando ruínas, que os velhos templos estão desertos. Estou imensamente satisfeito por a velha moralidade estar em queda livre direto ao chão.

Esta é uma grande crise. Se aceitarmos o desafio, esta é uma oportunidade para criar o novo. Nunca estivemos tão maduros no passado. Vivemos numa das mais belas épocas – porque o velho está desaparecendo, ou já desapareceu, e um caos criou-se. E só do caos aparecem as grandes estrelas.

Temos a oportunidade de criarmos um cosmos novamente. Esta é uma oportunidade que raramente surge – muito rara. Somos uns felizardos por estarmos vivos nesta altura crítica. Usemos a oportunidade para criar o novo homem. E para criar o novo homem, tens de começar por ti.

O novo homem será um místico, um poeta, um cientista, tudo junto. Ele não olhará para a vida através de divisões podres. Ele será um místico, porque ele sentirá a Presença de Deus. Ele será um poeta, porque ele celebrará a Presença de Deus. Ele será um cientista, porque ele pesquisará a Presença de Deus, cientificamente.

Quando o homem for estas três vertentes juntas, o homem será total.
Este é o meu conceito de homem sagrado.

O velho homem era reprimido, agressivo.
O velho homem era obrigado a ser agressivo porque a repressão sempre trás agressão.

O novo homem será espontâneo, criativo.

O velho homem viveu através de ideologias.
O novo homem não viverá através de ideologias, nem através de moralidades, mas através da consciência.

Osho.

Editor: Shakyamuni

Por: shakyamuni

1 Comentários

Deixe um comentário